Após causar polêmica com Bolsonaro, Datena tenta consertar situação

O apresentador da Band, José Luiz Datena, iniciou uma polêmica, envolvendo o presidente da República Jair Bolsonaro. 

Tudo começou quando Datena noticiava o incêndio acontecido no Hospital Badim, que deixou 11 mortos. A frente do seu programa “Brasil Urgente”, na Bandeirantes, ele, ao vivo fazia comentários como de costume. 

Mas o que chamou a atenção e causou revolta nos telespectadores foi o comentário em que Datena perguntava se o Badim era da mesma rede de hospitais em que Jair Bolsonaro está internado para operação de uma hérnia.

Ele perguntou, retoricamente, se o Badim era da Rede D’Or, hospital onde o presidente se encontra internado. 

Datena completou a pergunta divagando que o hospital onde Bolsonaro se encontra “não pegou fogo”, insinuando que as condições do Badim eram aquém das necessárias e dos padrões altos da rede.

O comentário gerou revolta e reações imediatas. Diante da repercussão, Datena veio a público dizer que sempre gostou de Bolsonaro e que, em momento algum desejou mal a ele.

Disse que isso era comentário de “gente canalha” que espalha fake news para desestabilizar as relações dele. 

Datena é conhecido por seu temperamento explosivo e contundente, em frente às câmeras. Ele finalizou dizendo que deseja a morte de algumas pessoas, mas não de Bolsonaro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui