A Menina que Matou os Pais: Caso Von Richthofen será contado em dois filmes

A Menina que Matou os Pais, drama psicológico que vai narrar o julgamento de Suzane Von Richthofen (Carla Diaz) e Daniel Cravinhos, réus confessos do assassinato dos pais de Suzane, será exibido em um formato inédito nos cinemas mundiais.
“Temos a mesma história contada em duas versões do crime e, o que pouca gente sabe, os bastidores anteriores ao crime.

O diretor do longa, Mauricio Eça (Apneia) acredita que esta foi a solução artística encontrada pelos produtores para serem fiéis ao que está narrado nos depoimentos oficiais: “Temos discutido muito internamente o que é verdade.
São coisas que a gente descobriu na leitura do processo, versões, às vezes do mesmo fato, mas diferentes”.


Na ocasião, Suzane planejou a morte de seus pais, e abriu a porta da mansão da família para que os irmãos Cravinhos pudessem acessar a residência e, em seguida, mataram Manfred e Marísia com marretadas na cabeça.

FONTE:OMELETE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui